Casos de Sucesso

Qualificação de Implantes Ortopédicos

O desafio: Os implantes ortopédicos comercializados no Brasil apresentavam baixa qualidade. Diante desta realidade, o MCT e o Ministério da Saúde criaram uma chamada pública para a configuração da Remato – Rede Multicêntrica de Avaliação de Implantes Ortopédicos, objetivando maior controle desses artigos no Brasil.

O Desenvolvimento: A Fundação CERTI foi uma das selecionadas para compor a Remato, com o projeto de harmonização e consolidação de metodologias de medição em implantes nas grandezas dimensionais, geométricas e superficiais. A meta era o atendimento à diversidade de demandas do SUS (Sistema Único de Saúde) na avaliação dimensional, geométrica e de acabamento de superfícies de, ao menos, 80% dos tipos de implantes ortopédicos, além da disseminação das boas práticas de medição estudadas durante o projeto.

O resultado: A CERTI executou o projeto no prazo, melhorou sua estrutura laboratorial para dar suporte às medições complexas exigidas, e conquistou a habilitação Anvisa/Reblas para ensaios dimensionais já em 2007 – sendo o primeiro laboratório do Brasil enquadrado nessa classificação. A Fundação também integra hoje a Remato, participa do CB-26, e cresceu seu rol de serviços de medição para o setor da Saúde, de grande potencial ainda a ser explorado. Além disso, criou uma rede de relacionamentos no setor, nacional e internacional, abrindo novas oportunidades de desenvolvimento da metrologia.