• pt-br
+55 (48) 3239-2000
comercial@certi.org.br
  • pt-br

Medical Harbour, recém adquirida pela Afya, projeta expandir suas soluções para 50 países

COMPARTILHE ESSE POST:

Formada por quatro sócios, a Medical Harbour vem inovando no segmento de soluções de imagens médicas e na área da educação em saúde. Criada em 2015, a startup nasceu a partir da percepção de que existia uma lacuna no mercado que atendesse os profissionais radiologistas. Com essa visão, os sócios desenvolveram um software que facilita o cotidiano desses profissionais na realização de diagnósticos por imagens. Hoje, a empresa possui cinco soluções que atendem esse mercado: Athena Dicom Expert, Athena Dicom Essential, Athena Dicom Corporate, MH Cloud e MH Pacs.

Em 2018, a Medical Harbour decidiu inovar e aumentar seu leque de serviços,  investindo no segmento de educação em saúde com a plataforma Athena Hub. Considerada o produto cinco estrelas da empresa, a plataforma atende tanto no mercado B2C quanto o de B2B.  As vendas B2C são realizadas via Microsoft Store e já alcançaram mais de 180 países. Para atender o mercado B2B foi preciso repensar a metodologia de vendas e criar uma rede de representantes da marca. Essa rede já cobre 20 países espalhados pelas Américas, Ásia, África e Europa. A meta para os próximos três anos é expandir a solução e estar presente em 50 países.

A chave do sucesso da empresa está em sempre ouvir as necessidades do mercado: “Nós éramos um grupo de oito pessoas, hoje já contamos com um time de 22 colaboradores e estamos contratando mais gente. Como escutamos muito o mercado, ele nos diz o que precisamos melhorar no produto e quais soluções precisamos desenvolver. Por isso, modificamos o nosso software a todo momento para atender essas necessidades”, comenta Fernando Serrano, CEO da Medical Harbour.

Com cerca de 30 mil licenças distribuídas, a plataforma Athena Hub atende os quatro primeiros anos das universidades com módulos de atlas anatômico (feminino e masculino), cadáver virtual, atlas anatômico veterinário com oito animais e muito mais. Visando sempre oferecer as melhores soluções tecnológicas, a ferramenta está sendo atualizada para ofertar novos serviços. “Até o final do ano vamos trazer um roadmap de projetos onde traremos embriologia, a parte de fisiologia, óculos 3D com realidade virtual e também iremos ter uma versão web”, adianta Serrano. 

Dentre os cases que dão suporte para o crescimento da empresa estão o atendimento ao SENAC Santa Catarina, que está indo para o terceiro ano de renovação – com abertura para atender o SENAC nacional -, a Universidade de Zurique na Suíça, hospitais na Arábia Saudita e clínicas veterinárias na Inglaterra. Em abril, a empresa foi comprada pela Afya Limited por R$5 milhões, dando ainda mais suporte para escalar as suas soluções. “Como hoje fazemos parte de um ecossistema com sete empresas, a nossa ideia é fazer um cross sell com essas empresas e nos apoiarmos com soluções não só para universidades, mas também para internatos, especializações, indústria farmacêutica. Ter um roadmap de produtos e soluções no geral que darão crescimento e sustentabilidade para a empresa”, analisa Serrano.

Desde 2016, a Medical Harbour faz parte do ecossistema da Incubadora CELTA, principal núcleo de desenvolvimento e suporte para empresas de tecnologias de Florianópolis (SC).  Por meio das consultorias dos especialistas da incubadora, a empresa encontrou o melhor caminho de atuação: “O CELTA sempre nos ajudou a encontrar o melhor modelo de negócio e a melhor atuação junto ao mercado”, finaliza Serrano.

COMPARTILHE ESSE POST: