• pt-br
+55 (48) 3239-2000
comercial@certi.org.br
  • pt-br

Como a prestação de serviços técnicos de tomografia contribui para a engenharia reversa?

COMPARTILHE ESSE POST:

No texto “Tomografia industrial: por que você deve pensar nisso?” explicamos o que é a tomografia e por que as empresas estão procurando esses serviços para o controle da qualidade. Em poucas palavras, os serviços técnicos de tomografia industrial são prestados a empresas que desejam melhorar a assertividade de seus produtos, caracterizando-os dimensionalmente a fim de assegurar a sua conformidade ou mesmo para mapear um produto do concorrente. Neste contexto, a engenharia reversa vem sendo adotada como uma estratégia de implementação de melhorias e é sobre isso que aprofundaremos neste texto.

Engenharia reversa e a tomografia industrial: como funciona?

Como o próprio nome sugere, a engenharia reversa busca, através do resultado final de uma peça, entender os processos de fabricação e o que faz do produto algo tão atrativo, ou que o torna ineficaz. Processos de engenharia reversa podem analisar um dispositivo, sistema, operação ou objeto. Especificamente tratando-se de tomografia industrial, ela é útil quando a estrutura física do produto é um diferencial. 

Como acontece? O tomógrafo industrial, por meio de feixes de raios-X e com a ajuda de um software, é capaz de mapear pontos no produto e reproduzi-lo tridimensionalmente no computador. Com essas informações com alto índice de confiabilidade, é possível comparar com outros produtos semelhantes ou mesmo entender nuances sobre o material utilizado, a técnica empregada e escolhas sobre o design. 

Empresas que procuram a engenharia reversa têm principalmente dois objetivos:

Análise do próprio produto

Analisar o próprio produto é uma estratégia usada pelas empresas que querem melhorar a qualidade daquilo que já fazem e entender como podem ser melhores. Algumas procuram esse tipo de serviço porque tiveram problemas recorrentes, procuraram a solução, mas não encontraram explicação clara. A tomografia industrial, portanto, apesar de não trazer explicações prontas, serve como um importante documento de investigação sobre o qual os engenheiros podem se basear para realizar novos testes e procurar melhores soluções para o produto em questão.

Análise de concorrentes

Também bastante utilizada, a engenharia reversa para análise de produtos concorrentes serve para ajudar a compreender aquilo que está no mercado e tentar ser ainda melhor. No caso que citamos anteriormente, se o produto do concorrente não apresenta o mesmo defeito, seria interessante realizar a tomografia industrial em ambos e comparar semelhanças e diferenças a fim de entender onde o produto está falhando.

Outra aplicação é para produtos que ainda estão em desenvolvimento. A análise de concorrência dará a base para o entendimento do que vem sendo feito, procurará defeitos e buscará aprimorá-los para lançar um produto semelhante ou, de preferência, melhor do que os já existentes. 

E a propriedade intelectual? Alguns produtos estão protegidos por patente, o que torna impossível reproduzir fielmente aquilo que foi desenvolvido por outra empresa. Porém, ao contrário do que possa parecer para algumas pessoas, a engenharia reversa não tem necessariamente esse objetivo. O maior mérito dessa técnica são os estudos que podem surgir a partir da análise do produto e os posteriores desenvolvimentos que serão feitos a partir das informações obtidas. 

Como a CERTI ajuda as empresas por meio da tomografia industrial?

A CERTI atende empresas que precisam realizar análises de tomografia industrial focada na engenharia reversa dos dois tipos. Para isso, possui um tomógrafo industrial computadorizado Carl Zeiss Metrotom 1500. O escopo de serviços de medição é adequado a análise de amostras de materiais poliméricos, metais leves e de componentes eletrônicos. Outros materiais estão sujeitos à análise, já que nem todos são possíveis de ser transpassados pelos raios-X emitidos pelo equipamento. 

É importante ressaltar que as análises posteriores obtidas a partir dos resultados coletados são feitas à parte. Ou seja, a prestação do serviço pode ser somente a emissão dos relatórios ou a análise completa de soluções para o problema em questão.


Caso tenha ficado interessado e queira saber mais sobre a tomografia industrial para a engenharia reversa, continue acompanhando o blog ou escreva para nós.

COMPARTILHE ESSE POST:
Português